fbpx

Kombucha: a nova bebida da moda é natural, artesanal e viva

Bebida feita a partir do chá conquistou quem busca uma alimentação mais saudável.

A bebida milenar que caiu nas graças de quem busca por alternativas aos refrigerantes vem provando seu valor. Entenda sua origem, funcionalidades e porquê a Kombucha está fazendo a cabeça dos entusiastas da vida saudável.

Você já deve ter ouvido recentemente sobre a Kombucha e os benefícios que ela pode oferecer. Mas, você sabia que essa bebida é milenar? Ela apresenta registros desde 200 anos antes de Cristo e, apesar de não sabermos bem ao certo sua origem, foi utilizada por muitos anos de maneira tradicional pela China, cuja cultura acreditava que bebidas ou alimentos fermentados tinham maior valor nutritivo do que os recém colhidos. Desde então, as pesquisas evoluíram e a funcionalidade do chá vem sendo reafirmada cada vez mais.

Mas… o que é Kombucha? Para começar, vale a dica: pronuncia-se com-bú-tcha ou com-bu-tchá. A bebida é composta por um chá preto ou chá verde funcional fermentado pela adição de açúcar e de um S.C.O.B.Y rico em leveduras e bactérias acéticas, como uma massa de microorganismos aglomerados. Ou seja: bactérias saudáveis extremamente benéficas ao intestino – um órgão que por si só já conta com “bactérias do bem” para funcionar regularmente evitando doenças e colaborando para a absorção de nutrientes.

A Kombucha permite que nosso organismo se torne mais saudável, incluindo a digestão, a prevenção de doenças e de inflamações, podendo proporcionar, inclusive, a perda de peso natural.

Os alimentos probióticos, como a Kombucha, são ideais para auxiliar na manutenção da qualidade das bactérias neste órgão e manter a flora intestinal equilibrada e saudável para oferecer só benefícios ao organismo, contribuindo para o metabolismo e, consequentemente, seu bem-estar.

Apesar de possuir açúcar, o processo de cultura simbiótica de bactérias e leveduras consome praticamente todo o residual no processo de fermentação. O que significa que você pode, sim, consumir Kombucha mesmo que sua dieta esteja restringindo ou diminuindo o consumo de açúcar.

O processo de preparação da Kombucha é delicado, controlado, lento e artesanal, justamente para extrair o melhor dos ingredientes e manter a bebida “viva” com suas propriedades e qualidades intactas. Na internet, os entusiastas da Kombucha gostam de compartilhar receitas e maneiras caseiras de preparar a bebida, mas é preciso um cuidado muito especial com a higiene na preparação doméstica. Consumir bebidas fermentadas incorretamente pode causar efeito inverso na flora intestinal. O ideal e indicado por médicos e especialistas é consumir no mínimo 200ml por dia de marcas de confiança.

A Campo Largo oferece três sabores diferentes de Kombucha para você experimentar: Hibisco & Cranberry; Limão, Matcha & Gengibre; Manga e Cúrcuma.

Conheça Outras
Bebidas da Nossa Família